DESPREPARO DA CTBEL

No blog da Franssinete Florenzano, um exemplo do despreparo e gasto de dinheiro público da CTBel (PMB).

Despreparo da Ctbel

A Ctbel pintou faixa contínua amarela para separar o corredor de ônibus na Av. Almirante Barroso, em Belém, instalou olhos de gato, tartarugas para delimitar o espaço. Mas nunca fiscalizou. Resultado: os ônibus, assim como os caminhões, ocupam todas as quatro pistas, queimam paradas, obstruem o trânsito, provocam acidentes e tornam a vida de pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas um inferno.

Agora, a mesma Ctbel, na mesmíssima gestão do prefeito Duciomar Costa, está anunciando que retirou os olhos de gato, as tartarugas, e pintou faixa azul (!) para demarcar as faixas de ônibus e caminhões. Diz que é para chamar mais atenção para o corredor, vejam só. Desculpa esfarrapada para esconder que não cumpre sua obrigação de fiscalizar, isto sim, que dá resultado.

Mais: o prefeito precisa responder: e a dinheirama gasta com essa sinalização que foi retirada, classificada como ineficaz pela própria companhia municipal que a instalou? Vai para o ralo? E quanto está custando aos cofres públicos, bancados com o meu, o seu, o nosso dinheirinho, a nova sinalização? Os ordenadores de despesa precisam ser responsabilizados, com a devolução dos valores aos cofres públicos.

Pior: não existe a cor azul na sinalização de trânsito como faixa demarcadora para corredor de ônibus e caminhões. Ela é própria apenas e exclusivamente para áreas especiais de estacionamento ou de parada para embarque e desembarque de pessoas portadoras de deficiência física. A amarela também estava errada. A cor branca é que é a correta. Agora, sem fiscalização, podem botar todas as cores do arco-íris que nada vai funcionar.

A Ctbel é tão despreparada que nem conhece o Código Brasileiro de Trânsito. Então, vai aqui a sugestão para o prefeito e diretores da Ctbel: leiam os arts. de 80 a90 do CTB, o Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito e as resoluções do Denatran que tratam das especificidades da sinalização de trânsito. Talvez cometam menos barbaridades e aprendam o serviço que devem desempenhar.Para dar menos trabalho, aí vai o estabelecido na lei e normas sobre sinalização horizontal:

Padrão de cores:

Amarela, utilizada para separar movimentos veiculares de fluxos opostos; regulamentar ultrapassagem e deslocamento lateral; delimitar espaços proibidos para estacionamento e/ou parada; demarcar obstáculos transversais à pista (lombada).

Branca, utilizada para separar movimentos veiculares de mesmo sentido; delimitar áreas de circulação; delimitar trechos de pistas, destinados ao estacionamento regulamentado de veículos em condições especiais; regulamentar faixas de travessias de pedestres; regulamentar linha de transposição e ultrapassagem; demarcar linha de retenção e linha de “Dê a preferência”; inscrever setas, símbolos e legendas.

Vermelha, utilizada para: demarcar ciclovias ou ciclofaixas; inscrever símbolo (cruz).

● Azul, utilizada como base para inscrever símbolo em áreas especiais de estacionamento ou de parada para embarque e desembarque para pessoas portadoras de deficiência física.

Preta, utilizada para proporcionar contraste entre a marca viária/inscrição e o pavimento, (utilizada principalmente em pavimento de concreto) não constituindo propriamente uma cor de sinalização.

Anúncios